Ir para conteúdo
«
»

Mensagem Recomendada

Boa tarde a todos.

Eu gosto muito de consertar computadores Windows, mas odeio quando tenho que abrir o PC/Notebook. Sou muito (MUITO) mais software do que hardware. Gostaria de saber se tem como eu trabalhar APENAS com essa parte (se existem vagas em empresas para essas pessoas, se o salário é menor por focar somente em um, etc), pois todos os "técnicos" que conheço além de ter que mexer com o sistema tem que também abrir, trocar placa, etc.

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Segundo o que li aqui no fórum mesmo, o mais interessante seria trabalhar com consultoria assim como o baboo faz, eu pretendo focar nas duas partes já que...
 

Citar

muitas vagas na Microsoft EUA exigem que o candidato seja engenheiro (de qualquer área). E depois de formar Engenheiro, você se 'especializa' no que quiser: projetos, gestão, Big Data, IA, etc..

 


assinatura-baboo.png.png.9dda35f71c112cdbb3487f49bb2c27e9.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Pedro disse:

Boa tarde a todos.

Eu gosto muito de consertar computadores Windows, mas odeio quando tenho que abrir o PC/Notebook. Sou muito (MUITO) mais software do que hardware. Gostaria de saber se tem como eu trabalhar APENAS com essa parte (se existem vagas em empresas para essas pessoas, se o salário é menor por focar somente em um, etc), pois todos os "técnicos" que conheço além de ter que mexer com o sistema tem que também abrir, trocar placa, etc.

Valeu!

Pedro,

Eu trabalho como funcionário de uma empresa, contrato CLT e sou focado apenas na parte de software. Trabalho atualmente com servidores Windows, foco em segurança e correção de vulnerabilidades. Há 12 anos dedico meus estudos e meu tempo para Windows, porém mais focado em servidores. Incluindo sistemas como Citrix e VMware.

O fato de você apenas querer trabalhar com o software (Windows) não é uma coisa ruim, é uma coisa boa, pois você pode focar nisso e se tornar muito competente no que faz.

Caso você queira trabalhar em empresa, acho até mais fácil você conseguir trabalhar somente com Windows. Principalmente empresas maiores onde existe segmentação nas atividades de TI. Por exemplo, um profissional para cuidar de hardware, outro para Windows, outro para Linux etc.

Quando você atua em um negócio próprio é mais difícil ao atender a população em geral que não entende de informática, que você só resolverá problemas no Sistema Operacional.

Sua clientela com certeza preferirá que você arrume tudo de uma vez para eles. Nem todo cliente é assim mas isso acontece. Eu falo por experiência própria pois eu apesar de não ter empresa, quando não estou trabalhando para a empresa que hoje sou contratado, eu chego a montar computadores para pequenas empresas aqui da minha cidade. Já cheguei a refazer todo cabeamento de rede de pequenas empresas também. Mas isso porque eu gosto da área de TI em sua totalidade, tanto hardware e software como redes também  e mais recentemente segurança digital, principalmente depois de encontrar o conteúdo sobre segurança aqui do site do Baboo.

Quanto ao salário, depende muito, mas não pense que irá ganhar menos por fazer apenas 1 coisa. Pelo contrário, quando você se torna especialista você com certeza além de ser disputado pelo mercado de trabalho, conseguirá um salário maior que outros que não possuem a sua capacitação. Porém esse nicho de mercado para os especialistas existe em maior parte em grandes cidades e grandes empresas. No interior é mais difícil você ganhar mais para se focar em apenas 1 coisa. Muitas vagas no interior pedem que você entenda de tudo um pouco rs.

O que eu posso te dar como dica é que, mesmo trabalhando somente com Windows, é importante que você entenda conceitos gerais de outras áreas que compões a infraestrutura de TI, como por exemplo, redes, segurança, hardware, storage, de forma independente do sistema operacional. Isso lhe ajudará no futuro e você se tornará um profissional mais completo porém sem deixar o seu foco em Windows diminuir.

 

Abraço.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Excelente resposta,@bbainfo! Quando eu comecei a trabalhar com TI no final dos anos 80, eu me focava tanto em hardware quanto em software. Isso foi muito vantajoso, pois as minhas consultorias resultavam em um relatório com todos os problemas encontrados juntamente com a descrição das soluções que deveriam ser implementadas - tanto em hardware quanto em software. Com isso, o cliente tinha opção de resolver os problemas comigo ou com outros profissionais - afinal o relatório detalhava o que tinha que ser feito.

A maioria dos clientes preferiam que eu fizesse TUDO, pois dessa maneira eles tinham um único responsável caso algo houvesse algum problema. Nos casos em que eles terceirizavam a solução, alguns clientes tiveram problemas quando escolhiam uma pessoa/empresa para se focar em hardware e outra para software, pois muitos problemas de software eram causados por hardware - e isso tornava a solução mais lenta e cara.

Embora há muito tempo eu tenha me focado exclusivamente em Windows e Segurança Digital, o meu conhecimento em hardware mostrou ser FUNDAMENTAL para eu compreender melhor como o Windows interage com ele. A conclusão disso é que embora seu interesse seja apenas software, é importante que você tenha sólidos conhecimentos de hardware para você se tornar um profissional mais completo em software, pois muitas vezes a solução de um problema no Windows está relacionada ao hardware..


[]s
 
Aurélio “Baboo”
assinatura-baboopro.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Baboo disse:

Excelente resposta,@bbainfo! Quando eu comecei a trabalhar com TI no final dos anos 80, eu me focava tanto em hardware quanto em software. Isso foi muito vantajoso, pois as minhas consultorias resultavam em um relatório com todos os problemas encontrados juntamente com a descrição das soluções que deveriam ser implementadas - tanto em hardware quanto em software. Com isso, o cliente tinha opção de resolver os problemas comigo ou com outros profissionais - afinal o relatório detalhava o que tinha que ser feito.

A maioria dos clientes preferiam que eu fizesse TUDO, pois dessa maneira eles tinham um único responsável caso algo houvesse algum problema. Nos casos em que eles terceirizavam a solução, alguns clientes tiveram problemas quando escolhiam uma pessoa/empresa para se focar em hardware e outra para software, pois muitos problemas de software eram causados por hardware - e isso tornava a solução mais lenta e cara.

Embora há muito tempo eu tenha me focado exclusivamente em Windows e Segurança Digital, o meu conhecimento em hardware mostrou ser FUNDAMENTAL para eu compreender melhor como o Windows interage com ele. A conclusão disso é que embora seu interesse seja apenas software, é importante que você tenha sólidos conhecimentos de hardware para você se tornar um profissional mais completo em software, pois muitas vezes a solução de um problema no Windows está relacionada ao hardware..

(Y) 

Valeu @Baboo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Quer postar a sua dúvida? Cadastre-se pois é rápido e fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...